Bella Hadid e Jodie Turner Smith

Nos últimos meses, celebridades como Kylie Jenner, Bella Hadid, Rihanna e Blake Lively, consideradas ícones de estilo, trouxeram de volta o polêmico retorno do uso das sobrancelhas finas. Ao adotar o formato superslim provocaram muito debate nas redes sociais.

É um retorno das tendências dos anos 1990 e 2000 do mundo da moda e beleza. Trata-se de um tema polêmico e controverso. O movimento que resgata trends de décadas atrás como, por exemplo, as cinturas baixas, traz junto com ele muitos questionamentos.

Segundo a designer de sobrancelhas, Natália Gerhard (33), o melhor é pensar antes de aderir totalmente ao revival. Isso porque, de acordo com a designer, o formato afinado não deve passar de uma microtendência e bem passageira: “O revival da moda dos anos 1990 e 2000 (Y2K) já vem de algumas temporadas e é natural que a estética das sobrancelhas da época seja representada novamente para ajudar a passar uma mensagem. Sendo assim, elas vêm como algo mais conceitual do que ‘vida real’”, explica Natália.

Os malefícios das sobrancelhas finas


Apesar de ser moda e uma “nova tendência”, é muito necessário prestar atenção aos malefícios que o modelo de retirar os pelos pode trazer: “Um grande público já sentiu na pele os malefícios da remoção exagerada dos fios e ainda está correndo atrás do prejuízo das últimas décadas.

Advertisement

Muitas pessoas estão traumatizadas e vejo isso há anos no meu dia a dia de atendimentos. As clientes não estão pedindo (o formato fino) e muito dificilmente me pedirão algo do tipo”, ressalta a designer Natália. Ainda segunda ela as sobrancelhas naturais é que vieram para ficar.

O problema é que quando são arrancados em excesso, os folículos pilosos são danificados e o crescimento do pelo no local é interrompido. Isso faz com que não cresça mais sobrancelhas no local, mesmo quando se interrompe a depilação.

Alternativas para aderir sem fazer um processo permanente

É possível usar os truques de maquiagem e no styling dos pelos. Assim como aparar o comprimento da pelugem pode ajudar na impressão de que o arco está mais conciso. Também pentear a sobrancelha no formato escolhido com um gel incolor é outra opção. Além disso, pode-se usar o lápis, caneta ou sombra para sobrancelha e na hora da aplicação concentrar o produto no centro do desenho para deixar a região em maior destaque.
Para esconder pelinhos e aderir ao look, recomenda-se também o uso de corretivo seguido por uma camada de pó.

Portanto, antes de pegar a pinça e  arrancar os pelos para seguir a moda, o ideal é lembrar que as tendências são passageiras.

Enfim, para evitar mudanças permanentes  com consequências indesejadas, é melhor  testar alternativas menos radicais passíveis de mudanças a qualquer hora.