reciclar urina

Estudos e pesquisas mostram que reciclar a urina pode ser uma maneira de fortalecer as plantações e a segurança alimentar.

A urina é rica em fósforo e nitrogênio. Dessa maneira e sabendo disso, muitas gerações já utilizaram o ‘xixi’ como fertilizante.

De acordo com a pesquisadora Krista Wigginton, da Universidade de Michigan: “Os humanos coletam urina e a usam como fertilizante há muito, muito tempo, mas no ocidente isso realmente parou com a invenção do sistema de esgoto.
Estamos apenas tentando descobrir com esse sistema de infraestrutura que temos, como podemos recuar e pensar de maneira diferente sobre o que entra nesse sistema de esgoto e capturar alguns desses produtos valiosos antes que [eles] sejam misturados e diluídos com todo o resto
”.

Porém, existe a possibilidade da presença do DNA de bactérias no líquido, incluindo genes resistentes a antibióticos. No entanto, estudos comprovaram que é possível utilizar a urina como fertilizante sem o temor de alimentar a propagação da resistência aos antibióticos.

Nesse sentido, em Battleboro, EUA, as pessoas coletam a urina para fertilizar as plantações. Para isso, utilizam banheiros que separam a urina que será bombeada, pasteurizada e transportada para locais próprios. Ou seja, o fluido será usado no lugar de fertilizantes sintéticos.

Advertisement



Da mesma forma, com o objetivo de reduzir o uso de fertilizantes químicos, em países como Alemanha, Austrália, Suécia, França e África do Sul, organizações trabalham para reaproveitar dejetos humanos. Isso porque, esses fertilizantes comerciais respondem por 2,4% das emissões globais. Além disso, poluem as águas subterrâneas facilitando a mudança climática.

Reciclar a urina: o ouro líquido

O pesquisador Prithvi Simha, da Universidade Sueca de Ciências Agrárias (SLU) faz parte de uma equipe que estudou e desenvolveu uma forma de transformar a urina em fertilizante sólido.

A empresa “Sanitation 360”, pertencente à SLU, equipa os banheiros com caixas que alcalinizam o ‘xixi’. No processo, os nutrientes permanecem estáveis ao mesmo tempo que um ventilador evapora a água, assim produzindo um pó seco.

De acordo com Simha, “Há muita química complexa por trás de como chegamos lá, mas na realidade é bastante simples de implementar. É por isso que funciona bem tanto no Norte Global quanto no Sul Global”.

Uma empresa que trabalha junto à “Sanitation 360” aluga banheiros portáteis. Através desse sistema, ampliou-se a coleta de urina de 1500 litros para 25000 litros e o objetivo é chegar a 250000 litros.

É bom separar a sua urina

Para a urina poder ser um fertilizante popular, o ideal é separar o ‘xixi’ das fezes assim como da água do banheiro. Como fazemos com o lixo reciclável. Para isso existem os vasos sanitários separadores de urina. Nesse sentido, existem cálculos que afirmam que se 10% da população norte-americana coletar sua urina, podem ser recuperadas 330 toneladas de nitrogênio e 20 toneladas de fósforo por dia.