orquideas erros

As orquídeas são plantas belas e coloridas e estão entre as preferidas pelos apaixonados por jardinagem. Suas flores possuem um grande número de cores e combinações. Além disso, são versáteis e podem ser cultivadas na terra, como plantas epífitas nos troncos das árvores ou em vasos dentro de casa ou no escritório. Por todos esses motivos, adoramos receber uma orquídea de presente!! Contudo, alguns erros no cultivo das orquídeas podem acabar com a nossa alegria.

Dessa maneira, é muito importante saber como cuidar dessa planta. A seguir, vamos ver alguns possíveis erros no cultivo das orquídeas:

1) Excesso de rega

Não é recomendado jogar água diretamente nas flores e folhas da orquídea, pois são muito delicadas e não devem ficar muito tempo molhadas. O ideal é jogar água, se possível filtrada, com um borrifador e somente borrifar as folhas. Também é possível regar por imersão colocando apenas as raízes dentro de um balde com água por aproximadamente dez minutos e não molhar as folhas. Para saber quando regar é preciso ver a cor das raízes: se estiverem verdes, estão bem hidratadas. Ao contrário quando estão esbranquiçadas é sinal que precisam de água.

2) Vaso de plástico

O vaso de plástico faz com que as raízes fiquem enxarcadas e apodreçam.

Advertisement

O ideal é utilizar vasos de barro, pois eles drenam melhor a água. Além disso, o líquido fica retido no barro, deixando a plantinha mais fresca. Finalmente, o tamanho do vaso deve estar de acordo com o tamanho das raízes.

3) Excesso de exposição solar

Não deixe a sua orquídea exposta à luz direta do sol. Apesar de a planta adorar luz, é melhor evitar o excesso. Portanto o ideal é mantê-las em locais ventilados onde recebam a luz do sol indiretamente e estejam protegidas pelos vidros da varanda ou qualquer outra forma de evitar o sol forte.

4) Falta de nutrientes causada por adubação inadequada

Deve-se utilizar um adubo indicado para a orquídea, sendo recomendado o adubo foliar. Além disso, a adubação deve ser feita a cada quinze dias. Nesse sentido, quando for replantar a orquídea ou trocar de vaso é bom usar um substrato adequado como chips de fibra de coco ou musgo.

Conclusão

Finalmente, as orquídeas podem variar muito em tipos e, consequentemente, em valores. As mais raras são muito caras exatamente por serem raras. Por isso é muito bom saber como devemos cuidar dessas plantas maravilhosas – para não perder nem tempo nem dinheiro!