doença padre fábio de melo

O Padre Fábio de Melo foi um dos convidados do programa Altas Horas do último sábado (04). Os internautas chamaram a atenção para o rosto inchado do padre e o assunto tomou conta das redes sociais. Isso porque a suspeita era de que o religioso havia feito uma harmonização facial. Mas não era bem assim, a doença de Ménière estava por traz de tudo.

Entretanto, em uma entrevista para o jornal O Dia na segunda-feira (6), o Padre Fábio de Melo deu explicações sobre o inchaço no rosto. Ele explicou que há 10 anos foi diagnosticado com a Doença de Ménière. Trata-se de uma doença pouco conhecida e que se caracteriza por uma sensação de pressão no ouvido, náusea e vômito, ataques repentinos de vertigem incapacitante, perda de audição flutuante e barulho constante acompanhado de zumbido. Essa doença atinge duas a cada mil pessoas.

Fábio de Melo contou que vem perdendo a audição do ouvido esquerdo. Por fim, disse que o inchaço no rosto é o efeito colateral do uso de corticoides utilizados para o tratamento da doença. Este tipo de medicação causam a retenção de líquido no organismo, portanto o inchaço.

De maneira geral, os sintomas duram de uma a seis horas, porém podem persistir durante o dia inteiro em casos mais raros.

Advertisement

O zumbido e a perda auditiva, geralmente, afetam somente um dos ouvidos. Além disso, a perda de audição é maior nas frequências de sons mais baixas. A doença provoca o aumento da pressão de líquidos no labirinto, parte do ouvido responsável pelo equilíbrio e pela audição. 

Depois do diagnóstico, qual é o tratamento?

Quando o paciente tem os sintomas, o diagnóstico final é feito através de exames de audição e também de ressonância magnética com contraste à base de gadolínio (RM).

A doença não tem cura, porém pode ser controlada. Dessa maneira, alguns métodos auxiliam na prevenção das crises: ingerir quantidades limitadas de álcool, café e sal, tomar diuréticos para liberar maior quantidade de líquidos e, em alguns casos, usar corticoide para aliviar os sintomas mais fortes.

Outros famosos que são portadores da doença de Ménière

Bem como o Padre Fábio de Melo, podemos citar outras pessoas famosas que possuem e convivem com a doença:
Huey Lewis, Jessie-J, Mariana Rios, Katie Leclerc e Kristin Chenoweth.