Como uma semana lavorativa que dura 4 dias em vez de 5, aumentaria a produtividade e atrairia novos talentos e funcionários motivados e atentos a qualidade de vida?

Primeiramente, precisa-se saber o que é exatamente a 4 day workweek, ou seja, “uma semana de quatro dias”. Significa que a empresa propõe aos funcionários uma carga horária de 4 dias por semana, em vez de 5. Esta metodologia é recente e já vem sendo testada por algumas empresas ao redor do mundo, com grande sucesso.

O lado bom é que todos ganham: empregadores e funcionários. Os empregadores tem notado um aumento na produtividade e os funcionários conseguem diminuir os níveis de estresse por terem a oportunidade de consiliar o trabalho com o lazer. E o melhor de tudo: o salário continua o mesmo.

Você pode pensar que esta idéia inovadora tenha surgido em meio a pandemia, quando as pessoas começaram a trabalhar em casa, mas na verdade, é uma prática que já existia.

A primeira empresa a testar esse método de trabalho foi a Perpetual Guardian. Uma empresa da Nova Zelândia que possui 240 funcionários. Resultado depois de 6 semanas: tanto os funcionários quanto os chefes ficaram tão otimistas que resolveram implemantar a prática em modo permanente. Os funcionários notaram que o ambiente de trabalho ficou mais leve e o trabalho passou a render mais, além de perceberem quanto tempo perdiam com distrações. A produtividade aumentou em 20%. O simples fato de saber que se você otimizar seu tempo e dedicar 100% da sua energia quando estiver trabalhando, para receber como “prêmio” passar mais tempo com a família, se dedicar a algum esporte, ter tempo livre, são a motivação perfeita para comprovar esse aumento da produtividade.

No Brasil, uma das primeiras empresas a dotar essa prática foi a Zee Dog, onde os funcionários tem a possibilidade de ter a quarta-feira livre. De acordo com Rodrigo Monteiro, um dos fundadores da empresa que cria e vende acessórios para cães, a redução da carga horária diminuiu o nível de estresse dos funcionários e melhorou a qualidade do trabalho.

A 4 day workweek é uma prática que está comprovando resultados excelentes pelas empresas que a adotam. É um modo inovador de trabalho, porém não será simples convencer os empregadores que ainda estão ligados naquela velha linha de pensamento, em que sentem a necessidade de controlar o trabalhador, sem dar a este a autonomia necessária para a gestão do próprio tempo. Vamos esperar que mais e mais empresas implementem essa prática e que em breve todos possamos trabalhar melhor, tendo mais  tempo para a família e o lazer.

Se você gostou do nosso artigo, compartilhe com os seus amigos no Facebook!

Fotos acima: Instagram Zee.dog