Óleo de melaleuca: 7 motivos para usá-lo e contra-indicações

07/03/2018 - 4:46 2804 Views

O óleo de melaleuca, uma substância das mais variadas virtudes, é de origem natural do qual bastam poucas gotas para perceber benefícios surpreendentes. Adicionado ao shampoo, no sabonete íntimo, nas máscaras faciais, na boca etc… o óleo de melaleuca pode ser utilizado para muitas coisas, seja na cosmética, que para o corpo.

Antes de tudo, vamos ver do que se trata e qual é a sua proveniência. O óleo de melaleuca é extraído das folhas da Melaleuca Alternifolia, também chamada árvore do tea tree ou árvore do chá. É originário da Austrália e teve seu nome dado pelo Capitão James Cook, que tinha pensado em usar essa substância, levemente amarga, para preparar uma bebida semelhante ao chá.

A comercialização mais comum da melaleuca é em forma de óleo essencial e você pode encontrá-lo em várias lojas de produtos naturais. É muito importante que antes da compra, você certifique-se que é absolutamente 100% puro e que não seja extraído com o auxílio de produtos químicos. Não confie em produtos muito baratos.

Vamos ver juntos os seus 7 incríveis usos e as contra-indicações >>

8) Para liberar as vias respiratórias

A melaleuca possui um cheiro muito picante e penetrante, portanto você pode adicioná-la à algum outro aroma que você considere agradável, como lavanda ou frutas cítricas. Quatro ou cinco gotas de cada uma dessas e umas dez gotas de melaleuca no difusor de ambientes, irá garantir que você seja menos suscetível a doenças respiratórias, principalmente nos meses invernais. Especialmente em casos de rinite alérgica, tosse e resfriado, será de grande ajuda liberando as vias respiratórias.

7) Para a higiene íntima

O óleo de melaleuca possui ótimas propriedades antibióticas. Se você utiliza a ducha higiênica e faz lavagens vaginais, misture simplesmente 10 gotinhas de óleo essencial de melaleuca com água morna e faça a lavagem. Este óleo irá ajudar a prevenir e combater a formação da cândida, vaginite e todas as infecções que, infelizmente podem aparecer nas partes íntimas das mulheres. Como alternativa, você também pode adicionar algumas gotas diretamente no seu sabonete íntimo, para aumentar a sua função bacteridida.

 

6) Contra as dores reumáticas

A melaleuca também é ótima contra reumatismos e dores musculares. Você pode adicionar umas dez gotinhas com 20 ml de óleo de amêndoas e fazer uma massagem com essa mistura nas partes doloridas. Pressione bastante com o objetivo de aquecer os músculos e a pele. Cuidado somente em distinguir que sejam simples dores e não uma inflamação do músculo, porque nesse caso é melhor não fazer massagem, e sim procurar orientação médica.

5) Contra as micoses

A melaleuca é também um excelente antifúngico, portanto é perfeita para curar micoses, principalmente aquelas que se formam nas unhas. Todas as noites, antes de ir dormir, você pode fazer uma massagem na unha com a micose, usando uma ou duas gotas de óleo essencial de melaleuca. Se ao contrário, a micose se encontra na pele, você pode adicionar umas dez gotinhas do mesmo óleo dentro do seu sabonete líquido e tomar banho normalmente.

4) Para combater a acne

Infelizmente este é um problema que faz parte da vida de muitos adolescentes e as vezes perdura mesmo na fase adulta, criando desconforto e mau humor. Mesmo quando a acne se deve à desequilíbrios hormonais, você pode colocar em prática ações preventivas e que aliviem o problema. O uso da melaleuca é uma opção. Você pode fazer uma máscara, por exemplo, com uma colher de argila verde, uma colher de mel e umas gotinhas de óleo essencial de melaleuca. Ou você também pode adicionar 5 ou 6 gotas no seu hidratante facial utilizado de manhã. As suas propriedades antibacterianas são ótimas contra a acne e as impuridades da pele.

3) Anti caspa

A este ponto você já deve ter percebido que o óleo essencial de melaleuca pode ser realmente adicionado em quase tudo. Neste caso, adicione umas dez gotinhas no seu shampoo usual, de preferência um que contenha emulsionantes naturais ou leves. Você obterá uma ação anti-caspa e sebo equilibrante. Excelente também em caso de coceira e vermelhidão do couro cabeludo.

2) Como enxaguatório bucal

Em caso de gengivas sensíveis, que sangram ou estão irritadas, a melaleuca será ótima. Bastará diluir umas dez gotinhas do óleo essencial dentro do colutório, ou duas ou três gotas na tampinha com um pouco de água. Faça um gargarejo por pelo menos 30 segundos. Apesar do sabor ser forte e não muito agradável, pode ajudar também em caso de halitose.

1) Contra-indicações

Como todas as substâncias, especialmente os óleos essenciais, deve ser usado com cautela. Não deve ser utilizado puro em contato direto com as mucosas, e sim sempre diluído em outras soluções. Não deve ser usado em grandes quantidades, visto que pode causar erupções na pele. Evite em caso de gravidez ou alergia. Os sintomas mais comuns são náusea, vômito e indigestão.

Se você achou o artigo útil, compartilhe com os seus amigos no Facebook >>