Como reconhecer um “ovo saudável” através da gema

01/04/2015 - 7:46 726 Views

Você sabia que a cor da gema do ovo pode dizer muita coisa sobre o estado de saúde da galinha que o pôs, e consequentemente, sobre a qualidade do alimento? Pois é, nem eu! Tô passada!

Quando pensamos em uma galinha poedeira, imaginamos um animalzinho tranquilo e livre para viver no campo, de maneira natural e de bem com a vida… Mas a realidade é bem diferente.

Na verdade, a maior parte dos ovos que compramos vem de galinhas criadas em gaiolas fechadas 24 horas por dia. Nunca vêem o sol, são alimentadas com alimentos pouco saudáveis (para dizer o mínimo) e produzem ovos de baixa qualidade: que não é o melhor para a nossa saúde. (Tadinhas, me deu uma pena agora imaginar essas pobres criaturas vivendo nessas condições deploráveis)

Bom, quer saber como reconhecer um ovo que provém de um confinamento intensivo de um saudável, olhando apenas para a cor da gema? Juro que nunca pensei que a cor significasse isso! Adivinha qual tonalidade de gema é melhor pra sua saúde?!

Se você for comprar ovos em um supermercado comum, provavelmente o ovo de cor amarelo pálido no centro, vai parecer normal.

Mas esse não é um bom sinal na realidade: significa que a galinha foi alimentada com comida de má qualidade, com condições insalubres, e portanto, o ovo tem insuficiência das mais importantes propriedades nutricionais.

O Dr. Hilary Shallo Thesmar, diretor do departamento de segurança do ENC (Egg Nutrition Center), explica o porquê, que as galinhas que podêm viver em saudáveis condições naturais produzem os ovos com cores mais escuras (um alaranjado vivo, como o da esquerda na foto).

Mas por quê se preocupar tanto com a proveniência das galinhas? Porque tem um impacto direto na nossa saúde, no momento em que mudam completamente as propriedades nutricionais do que comemos! Mas não é só isso, você também pode apoiar uma boa causa: evitando os produtos que provêm de confinamentos intensivos, você também pode ajudar o meio ambiente! Quer conhecer a explicação científica? Continue lendo!

tuorlo-uova

Independente da cor da gema, as proteínas e gorduras permanecem inalteradas, mas uma cor mais escura indica uma alta presença de xantofilas e Omega-3 na dieta da galinha. (que será composta de vegetais, como espinafre, abobrinha, brócolis, linhaça e algas do mar).

Uma dieta como esta, significa também que os ovos são de uma qualidade muito maior: ovos deste tipo contêm uma grande quantidade de vitaminas A, D, E, beta-caroteno e Omega-3. Tudo muito útil para viver de um modo saudável e equilibrado!

gallina