Como eliminar os ácaros que vivem nas nossas camas: 4 dicas

05/04/2018 - 12:13 364 Views

 

Foi demonstrado que entre os nossos lençóis e camas vivem uma média de 1,5 milhões de ácaros. Estes insetos se alimentam das células mortas da nossa pele e se proliferam em ambientes quentes e úmidos. Por este motivo, é importante, prestar atenção na hora de arrumar a cama. Na verdade, se colocarmos em ordem os cobertores e os lençóis, logo ao levantar, manteremos armazenados o calor do nosso corpo, as células mortas e o nosso suor! E com este ambiente ideal, criado por nós mesmos, os ácaros fazem a festa!

Uma dica muito útil é deixar a cama desarrumada por pelo menos meia hora, arejar bem o quarto e só depois arrumar a cama. Esses terríveis e microscópicos insetos temem o ar e o sol: desta forma se desidratam e morrem em pouquíssimo tempo. Mas a nossa luta contra esses microscópicos inimigos infelizmente não acaba aqui e, a questão é muito mais complexa, porque os exoesqueletos dos ácaros ficam presos entre os nossos lençóis, mesmo após a sua morte.

Então, o quê devemos fazer para removê-los de uma vez por todas das nossas camas?

1) Limpeza profunda

Para remover o exoesqueleto dos ácaros, é importante realizar periodicamente uma limpeza profunda na sua cama. O mínimo pode ser pelo menos uma vez por mês, muito melhor se ainda mais freqüentemente. Como fazer? Primeiro você deve aspirar o pó do colchão. Este conselho é muito trivial, mas serve para eliminar não só os restos dos ácaros, mas também suas fezes, que podem causar alergias, até mesmo graves.

A cama é o lugar onde nós passamos um terço do nosso dia. Para limpá-la é necessario ter muito cuidado e não usar produtos químicos. Existem de fato, vários métodos naturais muito eficazes que podem ser usados para reduzir significativamente a quantidade e a presença de ácaros em nossas camas sem correr o risco de desenvolver alergias ou outros tipos de sofrimento.

2) Chá + eucalipto

Porquê? Tanto o chá quanto o eucalipto são repelentes naturais para os ácaros, porque obstruem as vias respiratórias. Este tratamento pode ser executado uma vez por mês e colocá-lo em prática é muito fácil.

Prepare um chá-da-índia (chá verde) e se tiver óleo essencial de eucalipto, acrescente 3 gotinhas no chá. Umedeça um pano no chá, torça bem e passe em todos os lados do colchão. Faça isso quando você puder arejar bastante o quarto, de preferência quando o sol bater sobre o colchão.

 3) Bicarbonato de sódio

É verdade que o bicarbonato de sódio é um grande aliado caseiro: com ele você toca na raiz do problema, porque ajuda a eliminar diretamente os ovos dos ácaros. De fato, os cristais do bicarbonato de sódio são fortes inibidores no desenvolvimento de parasitas.

Como proceder: distribua três colheres de sopa de bicarbonato de sódio sobre toda a superfície do colchão (bem como outras superfícies tais como tapetes ou carpete), deixe agir por duas horas e, em seguida, aspirare o pó em excesso. O bicarbonato de sódio reduz os ácaros em uma porcentagem de 79% em uma hora e 100% em duas horas.

4) Óleo de neem

Eliminados todos os ácaros, agora étemos que mantê-los bem longe das nossas camas! Como antiparasitário natural o extrato de óleo de neem, é um grande aliado para manter os ácaros longe das nossas camas, pois este inibe o sistema hormonal dos ácaros, e assim esses não conseguem crescer, nem se reproduzir.

O líquido provém de uma árvore tropical, conhecida como Azadirachta Indica e precisa ser diluído com água: a mistura criada deve ser colocada em um recipiente spray, pronta para ser pulverizada sobre o colchão. Também neste caso, se recomenda deixar secar a superfície completamente antes de colocar os lençóis, melhor sob o sol.

Você gostou dessas dicas? Compartilhe com os seus amigos!