Comer 3 kiwis por dia: conheça os benefícios

05/03/2018 - 10:50 2182 Views

Os kiwis são frutas muito preciosas, saborosas e aliadas da nossa saúde. Ricos em vitamina C, fibras, antioxidantes e com poucas calorias (apenas 44 para 100 gramas!), os kiwis, com a sua polpa saborosa e a sua casca marrom claro, não deveriam faltar na nossa mesa, mesmo que estivéssemos de dieta ou se quisessemos seguir um determinado regime de baixas calorias.

O kiwi contém um alto percentual de potássio e é muito adequado à quem pratica esportes: este importante mineral ajuda, como geralmente se sabe, a prevenir cãimbras musculares. Esta fruta de origem oriental (acredita-se que esta planta seja originária do sul da China, onde é cultivada já fazem 700 anos) é uma bênção para o intestino, graças à alta presença de fibras,  uma vez que ajuda a regular o seu bom funcionamento.

A presença de vitamina E, por sua vez, garante uma eficaz ação contra os radicais livres, garantindo juventude e beleza à sua pele e ao seu organismo.

Existe um aspesto singular do kiwi porém, que é bom saber para aproveitar ao máximo as suas vantagens. Foi o suficiente comer 3 kiwis por dia para constatar a sua eficácia >>

4) Quais são os melhores kiwis?

Antes de tudo, é importante ter conhecimento das informações corretas para poder escolher os melhores frutos. Os kiwis melhores com certeza são os da estação (final do outono, inverno), cultivados de maneira orgânica, frescos e maduros no ponto certo. No Brasil o kiwi é produzido sobretudo na região sul, e importado principalmente de países como Chile, Nova Zelândia e Itália, que cultivam frutos de ótima qualidade. Há cerca de duas décadas o kiwi era novidade e os preços de venda eram bastante elevados, já hoje a relação qualidade/preço é muito mais equilibrada.

3) A hipertensão, um problema grave

Hoje a hipertensão é uma das doenças mais comuns nos países industrializados: atinge homens e mulheres, sem distinção, até mesmo em idade jovem. No entanto, para combater o perigoso aumento da pressão arterial, com valores acima do normal, estudos recentes aconselham o consumo deste precioso fruto chamado kiwi, um remédio natural e eficáz. Por trás destes estudos e pesquisas estão grandes espertos no assunto: de fato, os pesquisadores da Mette Svendsen University Hospital de Oslo (Noruega) apresentaram os resultados da sua descoberta na conferência da American Heart Association, realizada em Orlando.

2) O kiwi combate a hipertensão

De acordo com este estudo, pessoas que sofrem de hipertensão devem comer três kiwis por dia para baixar os níveis da pressão arterial. A equipe de pesquisadores avaliou 200 voluntários com valores altos (mas não excessivos) de pressão arterial. Os voluntários foram divididos em dois grupos e avaliados por um período de aproximadamente oito semanas: ao primeiro grupo foi pedido de introduzir os três kiwis por dia na dieta. Ao segundo grupo foi pedido que introduzissem uma maçã. No fim das oito semanas de estudo o resultado foi surpreendente: o grupo de hipertensos que adicionou os três kiwis à própria dieta, teve a pressão máxima reduzida em uma média de 3,6 milímetros por dia. De que maneira esta eficaz redução da pressão arterial acontece? O efeito surpreendente desta fruta é devido à presença de luteína, susbstância abundante no kiwi, um carotenóide importante que também serve para regular a pressão intra-ocular.

1) Top 10 dos alimentos anti-hipertensivos

No top 10 dos alimentos que ajudam a combater a pressão alta, o primeiro lugar pertence à um aliado inesperado, o chocolate amargo. No segundo lugar, encontra-se a semente de abóbora, grande aliada do sistema cardiovascular. Em terceiro lugar, estão frutas e verduras em geral e, principalmente, os alimentos ricos em potássio como a banana. Em quarto lugar estão os cereais, que ajudam a combater a pressão alta, graças ao ácido glutâmico, uma proteína vegetal. Em quinto lugar encontram-se os produtos lácteos, ou seja, os derivados do leite e processados de várias maneiras. Em seguida estão os legumes que, graças ao hidrolisado protéico, mantêm os rins saudáveis e combatem a hipertensão. Em sétimo lugar estão as nozes, fontes preciosas de antioxidantes e ácidos graxos. Em oitavo lugar encontra-se o peixe, com o seu ômega 3, que ajuda a manter a pressão arterial sob controle. Em nono lugar a batata roxa: é próprio a sua pigmentação, tão única, a funcionar contra a hipertensão. Para concluir a lista, a beterraba, em particular o seu suco que, nem todos gostam, mas é um santo remédio!

Você achou o nosso artigo interessante? Compartilhe no Facebook com os seus amigos!