6 Repelentes naturais para se defender dos mosquitos

17/06/2018 - 4:05 455 Views

Os mosquitos são, para muitos, são o terror dos insetos por excelência. Não nos deixam dormir à noite, zumbindo pontualmente na nossa orelha (como se não houvesse nenhuma outra pele exposta durante as noites abafadas!), nos picam em todos os lugares e a nós ficam de lembranças as insuportáveis bolhinhas vermelhas que provocam muita coceira! Nas farmácias e supermercados, obviamente podemos encontrar produtos de todos os tipos e para todas as necessidades: de cremes repelentes para a pele até as conhecidas velas de citronela, de sprays tóxicos até as simples espirais verdes. Mas a natureza nos proporciona excelentes repelentes naturais, como plantas com essências especiais ou tecidos naturais que têm a capacidade de distanciar ou simplesmente evitar a aproximação dessas criaturinhas indesejáveis das nossas casas.

Por esse motivo, vamos apresentar 6 remédios naturais e econômicos para combater os mosquitos!

6) Plantar manjericão, hortelã, lavanda ou gerânio no jardim ou floreira na frente da casa

 Plantas tais como hortelã, manjericão, gerânio, lavanda e grama de gato, possuem essências intensas que mantém os mosquitos longe e com isso, permitem que você possa dormir profundamente. Você também pode criar em casa, uma mistura repelente natural fantástica, seguindo nossas dicas! Coloque para ferver as folhas do hortelã e do manjericão e depois as conserve na geladeira. Depois de algumas horas você vai ter utilíssimas folhas que você pode passar em todo o corpo, é possível também, dar um perfume maior adicionando óleo de lavanda, extrato de calêndula ou capim-limão. Você não vai conseguir viver sem!

5) Use o óleo de “Neem”

É um óleo vegetal que pode ser encontrado em herboristas e que é produzida pressionando as sementes de Azadirachta Indica, uma planta nativa da Índia, usada na medicina ayurvédica. Esta planta tem propriedades antibacterianas, antibióticas, antiparasitários e anti-inflamatórios. Ela é a base de muitos produtos para a beleza e bem estar, mas não só: tem a capacidade de proteger os animais e as plantas de parasitas! Originalmente, tem um cheiro muito pungente, e por esse motivo, geralmente é misturado com óleos essenciais de aromas fortes mas agradáveis.

 É possível aplicar óleo de Neem diretamente sobre a pele, incluindo as das crianças. Além disso, tente ungir os inchaços causados pelas picadas: irá aliviar a coceira e também o vermelhidão. Mesmo se você tiver um jardim ou uma varanda com flores, você pode adicionar algumas gotas na água em excesso acumulada nos pratos dos vasos: assim impedirá que as larvas de mosquito maturem.

4) Use o Aloe vera

No caso em que você tenha uma coceira insuportável e nenhum produto específico na mão, possuir uma planta de aloe vera em casa pode ser muito útil! Conhecida popularmente como Babosa, se trata de uma planta africana perene: acredita-se que ela nela contém cerca de 200 componentes ativos e 75 nutrientes, que a tornam uma “curandeira natural”, que já era utilizada na antiguidade pelos egípcios, assírios e indianos.

Se você possui uma picada de mosquito que o assombra, faça isso: corte um ramo de aloe, e aperte ela para tirar a sua substância gelatinosa. Este gel possui um ótimo poder refrescante que trará alívio imediato para sua pele: passe um pedaço de aloe lentamente e suavemente sob as picadas que coçam. Vai ser refrescante! Quando terminar a operação, não jogue fora o ramo que você usou, você pode armazená-lo no congelador, mas você precisará congelá-lo: porque pode ser útil para a próxima picada!

3) Escolha roupas de linho, algodão ou seda

 Para proteger a si mesmo e sua família das mordidas dos mosquitos, veste roupas de tecidos naturais como linho, algodão ou seda: estes de fato, além de serem leves e transpirantes (ideais para o verão!) são repelentes naturais. Também preste atenção às cores das roupas: alguns cientistas mostraram que os insetos são atraídos por cores escuras como preto, verde, roxo, azul e estampados.

2) Esfregar um raminho de alecrim na pele

 O mesmo acontece com o alecrim, que você pode esfregar diretamente sobre a pele, incluindo também os recém-nascidos. A única desvantagem? Você irá deixar um rastro de perfume de alecrim.

1) Coloque uma tela mosquiteiro nas janelas próximas às camas

As telas bem finas, que podem ser facilmente montadas nas estruturas das janelas e em torno das camas, é as soluções mais simples e eficaz. Antes de ir dormir você pode também acender uma vela no quarto com algumas gotas de essência de hortelã ou limão?Você acha que foram úteis estes conselhos? Já os conhecia?

Compartilhe este artigo com todos os seus amigos que, pontualmente, encontram-se cheios de picadas!